A Alienação parental será, para uma criança, um maltrato?

Em primeiro lugar porque (num plano mental) violência são todos os actos que promovem,deliberadamente,sofrimento,sem que mereçam reparação.Por isso mesmo a Alienação Parental é um maltrato muito grave e com danos,potencialmente, irreparáveis.Porque, de forma intempestiva, uma criança é privada do contacto com um dos pais,o que a leva a imaginar que terá tido uma responsabilidade mais ou menos enigmática e remota nisso.

Porque é colocada no meio dum clima duma violência absurda, onde amar passa a ser tributado com violência.

Porque a colocam no centro de lealdades onde gostar de um dos pais significa trair o outro.

Porque é deslocalizada, de súbito, de uns lugares para outros ou passa, por períodos significativos, a viver em clandestinidade ou sob liberdade condicional.

Porque é LOUCAMENTE instruída, por um dos pais, a denunciar,caluniar e maltratar o outro.Porque por vezes, é raptada por um dos pais. Porque lhe imputam a responsabilidade dos incumprimentos, incentivando-a a recusas catastróficas em acompanhar um pai, como se a decisão de uma criança acerca da sua vida, sem a interferência dos pais, não fosse um perigo reconhecido pela Lei.

excerto do Livro sobre a Alienação Parental – autores Drs. Eduardo Sá e Fernando Silva

Anúncios