Esta senhora a direita do antigo Presidente da Republica Portuguesa (Jorge Sampaio), é a responsável máxima pela existência do Dia Mundial dos avos.

Natural de Penafiel, Ana Elisa Couto dedicou diversos anos da sua vida a lutar pela criação do dia nacional dos avós e pelo reconhecimento desta data como uma homenagem sentida aos avós enquanto elementos fundamentais de transmissão cultural e histórica e como elo de ligação entre o passado e o futuro, sem esquecer o importantíssimo papel social, educativo e até económico que os avós desempenham nos dias que correm, em que o suporte familiar aos mais novos é muitas vezes decisivo na organização estrutural da família.

A ideia de criar o dia nacional dos avós surgiu precisamente pela mão da Penafidelense, Ana Elisa Couto, em 1986, tendo para o efeito escrito diversas cartas nomeadamente ao Papa João Paulo II, aos primeiros ministros de então, Cavaco Silva e posteriormente a António Guterres e, ainda, aos presidentes da República Mário Soares e Jorge Sampaio, entre outras personalidades.

A determinação desta avó de Penafiel, com 6 netos, viria a produzir resultados em 2003, quando a Assembleia da República aprovou a resolução 50/2003 de 04 Junho que instituiu o Dia Nacional dos Avós. Porque o Dia Nacional dos Avós nasceu em Penafiel, pela mão de uma senhora que nunca desistiu de ver reconhecido o importante papel que os avós desempenham na família e na sociedade, o Município de Penafiel prestou hoje, dia 26 de Julho uma devida e merecida homenagem à D. Ana Elisa do Couto, falecida em 2007 com 81 anos.

Quem disse que uma pessoa, não pode mudar atitudes???

Anúncios