Hoje é dia, de estar com o meu filho, por breves momentos, é verdade, mas são esses breves momentos que me fazem feliz, que me fazem ver o sorriso de felicidade com o que o meu filho está comigo, e que se sente bem, perto do pai.

Tento o fazer esquecer que o usam, que lhe tentam transformar a cabeça e obriga-lo a ser arma de arremesso, contra mim. Não há nada nem ninguém que o faça demover de querer o pai, e isso vai fazer que um dia, ele obrigue os outros a mudar. Não quero saber se a mãe lhe rapa o cabelo, se o veste de menina, ou de palhaço, como o faz, e as fotos comprovam-no, não me importa se ela tenta fazer que ele, seja contra mim, como também o faz, e que o abandone, para ir passear com o “amigo” ou para ir  trabalhar, não sou eu que sofro as consequências, a mim só me afecta psicologicamente, em saber que o meu filho esta a ser alienado, a mim só me faz o coração tremer de medo e de ficar doente com esta situação, mas quem sofre é ele, é ele que se sente só e desamparado pela mãe, é ele que fica com traumas e sentimentos de revolta, que o fazem mudar e perceber as coisas que estão erradas. Eu para já não consigo fazer nada, para já, mas o processo no tribunal continua, e há-de continuar, até que alguém se mexa, ou até que  ouçam, o que o meu filho quer. A mim compete-me neste momento mostrar ao meu filho que a vida é bela, que a vida pode e lhe deve ser boa, pois é uma criança, não um objecto, que o pai o acompanhará toda a vida, ajudando-o a ser feliz, a poder falar de tudo comigo e de saber que não só de brincadeiras o tempo com o pai é gasto, é num acompanhamento constante e de demonstração de segurança e amor, de obtenção de objectivos que o vão guiar pela vida fora a ser feliz, a saber estudar e a saber conduzir a vida dele de forma honesta e seria, ao contrario de outras formas que lhe possam demonstrar. Não sou perfeito, nem o quero ser, quero ser sim o Pai dele, e mostrar-lhe que estou sempre do lado dele, e que é comigo que pode contar, quando o largarem. Mas tudo um dia muda…um dia filho…tudo muda… um dia…

Anúncios